como-alimentação-influencia-saude-bucal

Como a alimentação influencia na sua saúde bucal

Cuidar bem dos dentes deve fazer parte dos hábitos de higiene, considerando também o cuidado com o que é ingerido. Assim, de modo a trazer informações acerca do tema, este artigo mostrará como a alimentação influencia na sua saúde bucal.

A alimentação balanceada é um dos pilares para garantir uma vida saudável. Isso, somada a prática de exercícios físicos, previne doenças no corpo e na mente.

Quando se trata de saúde bucal, o consumo de determinados alimentos deve ser ainda mais atento, pois é o que vai determinar se haverá complicações na boca, fortificação ou desmaterialização do esmalte do dente e tornará possível ter um belo sorriso.

Alimentos com nutrientes necessários para uma boa saúde bucal podem trazer uma série de benefícios, sendo um fator que contribui para a limpeza da arcada dentária, manutenção e fortalecimento dos dentes e até na preservação de sua cor original.

Já os alimentos açucarados, gordurosos ou ricos em carboidratos simples (que posteriormente irão se transformar em açúcar) são os principais vilões para a saúde bucal.

Isso ocorre porque a sacarose alimenta as bactérias da boca, que acabam liberando um ácido que corrói o esmalte do dente, deixando-o propício a ter cáries.

Além disso, a falta de nutrientes, como a vitamina C, pode ocasionar o sangramento da gengiva, mobilidade dentária, cicatrização demorada, alteração do paladar, propensão a ter cárie, doenças periodontais e organismos oportunistas, além de interferir no sistema imunológico.

Para além da alimentação, o acompanhamento profissional também é necessário,

Isso porque em casos de haver qualquer um desses problemas, ele poderá indicar o tratamento.

Nos casos de perda dentária, por exemplo, o implante dental é uma boa escolha justamente para restaurar a parte perdida da raiz, possibilitando a colocação de uma prótese para que haja a melhora funcional da arcada dentária.

Portanto, aqui serão indicados os alimentos que fazem bem para a saúde bucal e os que fazem mal.

Alimentos que fazem bem para saúde bucal

O que a saúde bucal mais precisa é de nutrientes que contribuem para a limpeza da boca e nutrição dos dentes. Esses dois benefícios são adquiridos ao comer alimentos ricos em substâncias como o cálcio e vitamina D.

A vitamina D contribui para a absorção do cálcio do alimento, que é essencial para a formação de dentes saudáveis e fortes.

Além de prevenir a osteoporose, o cálcio e a vitamina D também são eficazes na redução da perda de dentes.

Além disso, a vitamina D atua na proteção da boca contra microorganismos responsáveis pelas doenças orais e redução de inflamações nas gengivas.

Já em relação ao cálcio, o dente humano é feito 95% dele, por isso é bom nutri-lo com esse nutriente para que o esmalte do dente permaneça intacto e, com isso, fique prevenido de doenças bucais.

Os alimentos que contribuem para uma boa saúde bucal são:

  • Água;
  • Brócolis;
  • Castanha-do-Pará;
  • Cenoura;
  • Espinafre;
  • Frango.
  • Iogurte;
  • Maçã;
  • Morango;
  • Ovo;
  • Pepino:
  • Pêra;
  • Salmão;
  • Leite.

Neste ponto cabe ressaltar que a água, maçã e cenoura são importantes principalmente pela hidratação, que contribui para a produção de saliva e limpeza natural dos dentes.

Essa questão da limpeza é extremamente necessária, acima de tudo, para quem utiliza aparelho ortodontico transparente, pois os resíduos de alimentos ficam em evidência no sorriso e a utilização do procedimento pode contribuir para o acúmulo de restos de comida.

Alimentos contra-indicados

Assim como já foi falado, os alimentos ricos em açúcar são os vilões quando abordamos a saúde bucal e geral, mas não é apenas esse tipo de alimento que faz mal para os dentes.

Por exemplo, o café, por seu alto teor de pigmentação, pode escurecer os dentes com o passar do tempo, principalmente para quem tem o hábito de consumir muito esse produto e  não tem os devidos cuidados com a boca.

Nesses casos, a odontologia já desenvolveu o procedimento de clareamento dental com moldeira, que clareia os dentes em até sete vezes mais, resgatando a pigmentação branca da arcada dentária.

Além disso, muitas vezes, é adicionado açúcar no café, o que causa um efeito ruim acumulativo.

O consumo de bebidas alcoólicas também resseca a boca, aumentando o risco de proliferação de bactérias, podendo causar problemas na gengiva, como periodontite e cáries. Por isso, também agem contra a saúde bucal e devem ser evitadas.

Por fim, em casos de procedimentos como o de prótese sobre implante dentario, é preciso ficar atento para os alimentos muito duros e que possam danificar o procedimento.

Afinal, apesar de resistentes, a tensão em excesso pode prejudicar a estrutura, assim como pode ocorrer com os dentes naturais.

Por esse motivo, se atentar aos cuidados diários e ter o acompanhamento profissional correto é essencial para a manutenção da alimentação e saúde.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

%d blogueiros gostam disto: