Seu Blog de Notícias.

Como começar uma carreira no esporte

No Brasil, quando se fala em trabalhar com esportes, a primeira coisa que se pensa é em jogador de futebol. Sim, o país ama o futebol, no entanto, existem outras maneiras de começar uma carreira no esporte. Um exemplo disso, são empresas que oferecem brindes, como toalhas personalizadas, para clubes e associações esportivas.

Nesse sentido, é possível tomar dois caminhos: aquele que leva diretamente a um esporte específico ou o caminho que leva a trabalhar na área esportiva.

Continue a leitura para descobrir mais sobre cada um deles.

Trabalhar diretamente com um esporte

Muitos meninos e meninas crescem sonhando em serem jogadores de futebol, mas até que isso se torne realidade existe um caminho a percorrer.

Esse caminho começa em uma iniciação, depois vem a fase de especialização e por fim o aperfeiçoamento.

A fase de iniciação se dá, geralmente, na infância, no primeiro contato com oesporte, por exemplo, o futebol. Mas isso vale para qualquer esporte: natação, vôlei, basquete, corrida, etc. A criança sente o desejo de praticar e muitas já se imaginam fazendo isso para sempre.

No entanto, para que essa criança venha a criar e desenvolver uma carreira profissional no esporte, ela precisa ser estimulada e ter contato com profissionais da área, uma decisão que é de responsabilidade dos pais.

A próxima fase é a especialização, que se dá na adolescência, por volta dos 14 a 18 anos. A ideia de uma carreira no esporte já está madura. Nesta fase, o apoio de um profissional da área é importante para ajudar a decidir sobre o esporte, testá-lo e, se for o caso, torná-lo um campeão.

É ainda na fase de especialização que o atleta deve se desenvolver no esporte escolhido, frequentando clubes para treinar. Além disso, terá contato com outras pessoas que possuem os mesmos sonhos que ele, o que ajuda mantê-lo motivado.

Outro fator importante é o acompanhamento por um profissional experiente, aprender os fundamentos importantes do esporte e trabalhar o emocional para lidar com as adversidades do esporte e da vida.

A última fase é a de aperfeiçoamento, em que as falhas o ajudarão a se tornar um profissional, através da autoavaliação.

Mas este não é o único caminho para quem deseja ter uma carreira no esporte. Descubra quais são as outras possibilidades.

Trabalhar na área esportiva

Para se ter uma carreira no esporte não é necessário que se seja apenas um atleta. Existem muitas outras formas, algumas mais óbvias, outras nem tanto. 

As escolhas mais óbvias são; escolas, academias, clubes/times e eventos. Já entre as escolhas menos tradicionais temos agências de marketing esportivo, direito esportivo, consultorias, agências de conteúdo digital.

As agências de marketing esportivo vem crescendo e com elas todo um setor, como o de marketing de fidelização ou de branding. Dois setores que trabalham com brindes e itens como toalhas personalizadas, por exemplo.

Outra opção em ascensão são as agências de notícias especializadas ou mesmo sites e blogs especializados em esportes.

O mercado de esportes é gigante e essas são apenas algumas ideias de como começar uma carreira no esporte, que não precisa ser, necessariamente, como atleta

Conclusão

O mundo dos esportes é um dos mercados mais aquecidos, mesmo em tempos de crises financeiras. Talvez, por isso seja um dos mercados que mais atraem interessados em começar uma carreira.

No entanto, as pessoas ainda têm a visão limitada de que uma carreira no esporte se limita a ser atleta, especialmente, jogador de futebol. E isso acaba cortando o sonho de muitas pessoas que desejam trabalhar nesse setor.

Apesar disso, o esporte incorpora uma gama de profissionais que fazem a máquina rodar além dos atletas.

Sendo assim, é possível começar uma carreira no esporte sendo atleta, mas também atuando como advogado especialista em direito esportivo. Ou ainda em uma agência de marketing ou uma loja que comercializa brindes, como toalhas personalizadas para clubes.

O importante é abrir o campo de visão e pensar além do óbvio. Por isso, mesmo que você ache que não tem mais idade para atuar no esporte, ainda é possível começar uma carreira no esporte atuando em outras frentes.

Se você gostou desse artigo, acompanhe o blog para ver mais textos sobre esse tema.

Comments are closed.