Seu Blog de Notícias.

Como treinar uma balconista?

O que um balconista deve saber? Quem deve treinar você?

Todo profissional que trabalha dentro de uma farmácia deve ter o objetivo de zelar para que exista um ambiente saudável dentro das vendas

A principal função de um balconista é culminar no processo de venda, como o preenchimento de receitas sob a supervisão de um farmacêutico, principalmente nos momentos em que o paciente precisa de medicamentos que são de vendas somente com prescrição médica.

Para formar e certificar esse profissional de forma inovadora e moderna, é necessário que o prestador de serviços entenda seu papel na comunidade do entorno; gostar dos outros, servir com alegria, compaixão, bondade e, o mais importante, compaixão. Hoje, a velha “terapia de empurrão” não funciona mais.

Atualmente, o consumidor está atento e precisa sempre estar persuadido de compras indesejadas ao entrar na farmácia, significando que o profissional compreenda todos os benefícios, características e todas as possíveis diferenças de produtos oferecidos, o profissional precisa demonstrar que uma oferta visa melhorar a vida das pessoas.

Os profissionais de hoje precisam conhecer as devidas ferramentas básicas do Office. Ele deverá ter capacidade de realizar procedimentos éticos, capaz de reter todas as possíveis informações precisas sobre os determinados produtos similares e genéricos, compreender e executar rapidamente todos os possíveis procedimentos de verificação de contratos. O profissional sempre deverá saber oferecer aos clientes a melhor oportunidade de negócio possível.

Suas apresentações devem ser precisas, persuasivas e ter boa capacidade de comunicação, essas são habilidades profissionais que surgem nas carreiras de novos farmacêuticos e gerentes de loja.

É dessa posição que surgiu uma grande oportunidade no canal farmacêutico, criando planejamento de carreira em farmácias e farmácias. Escriturário vem sendo uma das funções mais importantes dentro da área da farmácia.

Ele é o responsável que tem o objetivo de promover um ótimo atendimento, cuidado de clientes e de organização da loja, além das rotinas mais burocráticas.

No entanto, uma realidade importante no nosso quotidiano é o problema da “rotatividade de funcionários (mobilidade)”, que acaba por conduzir a promoções de recrutamentos urgentes e, consequentemente, profissionais que não estão preparados para a função.

Dicas de como treinar funcionários:

1) Liste as principais habilidades que você gostaria que seus vendedores tivessem;

2) Em consonância com seu farmacêutico (ou seu próprio gestor), crie materiais de treinamento, como, por exemplo, Curso de Balconista de Farmácia, que devem abranger questões cotidianas como: dosagem, classes de tratamento, formas de medicamentos, como entender a dosagem, legislação chave, regulamento 344, técnicas de vendas, como produtos agregados;

3) Reserve uma hora de plantão para o funcionário todos os dias, peça para ele ler os materiais técnicos e faça a prova de conhecimento do assunto ao final;

4) Coloque-o um recém contratado junto com um balconista mais experiente, de preferência um que seja bom em vendas;

 5) Feedback sobre sua evolução todos os dias, perguntando sobre suas dificuldades e dúvidas;

6) Estabeleça uma meta de vendas/produto alcançável desde o início e demonstra assim a sua devida importância para ele e para a empresa;

7) Afastar-se do trabalho diário para observar os serviços prestados pelo novo funcionário;

8) Caso encontre algum defeito no processo de atendimento, ligue para ele no dia para conversar e ensine como você quer que ele se comporte;

9) Elogie-o por cada objetivo alcançado e incentive-o a vender mais;

10) Ensine-o a ser criativo, dominar as habilidades de vendas e associar produtos em cada venda.

Não importa onde você trabalhe, não importa com que tipo de serviço ao cliente você precise lidar, você deve estar sempre disposto a resolver os problemas do cliente antes mesmo de saber qual é o problema.

Veja também Como escolher um bom corretor de imóveis?

O atendimento ao cliente é exaustivo, porém é importante fornecer a mesma experiência ao primeiro e ao último cliente do dia.

As empresas que proporcionam uma ótima experiência ao cliente obtêm de 4% a 8% mais receita do que a média do mercado.

A experiência está intimamente relacionada à forma como você “cuida” de seus clientes. Pesquisas mostram que mais de 60% das experiências de compra são baseadas totalmente em como os clientes se sentem ao serem tratados.

Combinando esses dois números, podemos argumentar que tratar bem os clientes melhora a experiência e melhorar a receita da empresa. Portanto, o profissional precisa de todas essas habilidades.

Você precisa de todo esse conhecimento ao mesmo tempo em que é um profissional proativo, persistente, focado, empático, extrovertido, que traz confiança aos clientes, entende as diferenças entre as pessoas e as respeita.

Deve ser capaz de democratizar sempre o poder de compra para atender adequadamente a todos os clientes, independentemente da sua renda.

Os profissionais que devem formar o pessoal nas áreas técnicas são preferencialmente farmacêuticos. Já nas áreas administrativa, processual e processual, o papel do coach deve ser o de gerente de loja.

Por fim, para o conhecimento do produto, nada supera o treinamento de um Curso de Balconista de Farmácia.

Vale destacar que, além da orientação e aprimoramento contínuos das atividades diárias do balcão, também são recomendados treinamentos por meio de cursos técnicos e consultorias para o canal varejo farmácia.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

 

Comments are closed.