Seu Blog de Notícias.

Como usar e abusar dos interruptores

Lidar com lâmpadas, no geral, já tem se tornado algo tão comum que nem percebemos a importância de um interruptor. Dito isso, hoje trouxemos algumas dicas de como você pode usar e abusar dos interruptores. 

Os interruptores apresenta uma função tão simples, mas que repercute de maneira positiva, que é a iluminação de um ambiente. Com isso, vemos que algumas pessoas desejam investir na forma dos seus interruptores deixando a casa mais elegante.

Dessa maneira, cumpre ressaltar que o interruptor aciona, na parte interna, o circuito elétrico, ligando os pontos de luz. Na imobiliária você poderá encontrar o imóvel ideal que combina com qualquer tipo de interruptores. 

Ao apertar o interruptor, o seu botão poderá liberar a energia necessária até chegar na lâmpada. E caso você aperte o sentido oposto, para apagar essa luz, um interruptor vai bloquear a passagem de energia.

Mesmo que essa função pareça ser muito simples, algumas pessoas se importam com os tipos de interruptor e como os seus modelos podem interferir na decoração.

Na parte interna, os interruptores apresentam diversos sistemas no que se refere ao seu funcionamento. Assim, devemos considerar quantas lâmpadas serão instaladas e quais as suas finalidades. 

Isso porque os tipos de interruptores variam conforme as características que o ambiente apresenta, qual o seu objetivo e o design.

Informação interessante 

A priori, cumpre ressaltar que o condutor fase, isto é, o fio elétrico que apresenta a carga não deve chegar a fonte de luz, afinal ele apresenta ligação com interrupção.

Se esse tipo de erro ocorrer no momento da instalação, é possível que cause alguns choques. 

Tenha em mente que o ideal para esse tipo de trabalho é que a instalação elétrica ocorra quando o circuito estiver desenergizado.

Dito isso, se você não tem o conhecimento necessário para essa instalação, busque por um profissional elétrico.

Tipos de interruptor

Como foi mencionado acima, existem diversos tipos de interruptor e importante conhecê-los para que você possa escolher o que mais te agrada.

Ademais, é necessário que você siga todas as recomendações que os especialistas responsáveis pela instalação de interruptor estão dando.

Você pode sim opinar sobre o trabalho em si, porém são esses profissionais que realizam o trabalho com segurança. 

Por conta disso, a contratação desse profissional é fundamental inclusive na compra do interruptor.

Interruptor simples 

O primeiro exemplo de interruptor é o mais simples e comum, podem ser encontrado na maioria das casas do Brasil.

Com somente uma tecla interruptor, esse modelo apresenta uma ligação interna simplificada, que pode comandar uma lâmpada ou um conjunto delas.

Nesse caso, o condutor fase tem uma ligação direta com interruptor vigília bem como com os condutores neutro e retorno. Um deles está conectado a lâmpada e o outro ao interruptor.

Interruptor paralelo 

Por outro lado, também temos um interruptor paralelo, que é diferente de uma simples principalmente devido a sua instalação com alguns detalhes mais complexos.

Esse tipo de interruptor ficou mais conhecido por acionar uma iluminação em pontos diferentes.

Desse modo, o sistema do interruptor paralelo pode acender uma luz assim que você entra em um cômodo e apagar a lâmpada se estiver deitada, por exemplo.

Afinal, o interruptor paralelo comparar com: diferentes, mas que comandam a mesma lâmpada ou um conjunto delas.

Desse modo, nesse caso, o conector de retorno estará localizado entre os dois interruptores.

Interruptor intermediário 

Contamos ainda com interruptor intermediário, que suporta uma quantidade maior de acionamentos, se compararmos ao paralelo. Então, aqui, você tem um circuito que pode contar com três ou mais pontos.

Esse interruptor costuma ser recomendado para usar junto com os interruptores paralelos, conseguindo intermediar a conexão principal.

Interruptor duplo ou triplo 

Já o interruptor duplo ou triplo permite o acionamento das lâmpadas de forma separada. Isto é, cada tecla do interruptor poderá ser acionada, podem ser duplo ou triplo.

Assim, cada tecla ficará responsável tanto por acender como apagar uma lâmpada ou um conjunto delas. Isso tudo acontecerá sem que interfira no funcionamento de uma outra lâmpada.

Sendo assim, vemos que é possível ligar uma lâmpada sem interferir na outra, mesmo estando no mesmo interruptor.

Dimmer 

Dentre todas as opções listadas acima, vemos que o dimmer é o interruptor mais moderno. Aqui, você controla não somente a iluminação em si, mas também a sua intensidade. 

Como escolher o tipo de interruptor 

Cada ambiente requer um tipo de interruptor distinto, e isso varia também de acordo com o gosto do morador. 

Por exemplo, os interruptores mais simples são recomendados nos casos de ambientes menores, assim, eles são instalados do lado da parto, o que facilita no momento de acionar as lâmpadas. 

Já os paralelos são usados em ambientes grandes, em que precise acender ou apagar a luz em diferentes pontos, como os quartos ou corredores, assim como os interruptores intermediários. 

E no caso dos duplos ou triplos, são usados em ambientes médios, e o dimmer para ambientes aconchegantes, contribuindo também para economizar a energia.

Saiba também: Como escolher a cafeteira ideal?

Comments are closed.