Negócios

O que é Marketing Jurídico? Quais as estratégias?

marketing-juridico

O Marketing Jurídico, em um mundo ideal, bastaria criar um perfil comercial no Instagram para que os clientes desejassem contratar seu escritório de advocacia.

Infelizmente, você está competindo por clientes com mais de um milhão de advogados inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Assim, o marketing jurídico é a forma de destacar sua empresa.

O que é Marketing Jurídico?

O marketing jurídico é um método de publicidade usado por um escritório de advocacia para captar uma base de clientes mais ampla. Isso inclui usar SEO em seu site, iniciar campanhas de e-mail e criar perfis de mídia social. O marketing jurídico normalmente custa a um escritório de advocacia cerca de 1,9% de sua receita total a cada ano.

bastante mais ao marketing jurídico do que executar um simples anúncio no Facebook ou Instagram, e esperar que os clientes em potencial entrem em contato.

Então, vamos falar sobre o que é marketing jurídico, por que seu escritório de advocacia precisa e como o marketing pode mudar sua empresa a crescer.

Tipos de Marketing Jurídico

Há duas coisas a ter em mente quando se trata de marketing jurídico: Provavelmente vai custar uma boa quantia de dinheiro e levará tempo para ver resultados reais.

É por isso que é uma boa ideia ser como 47% dos escritórios de advocacia americanos que definem um orçamento anual de marketing.

O marketing jurídico visa despertar o interesse do público em contratar seu escritório de advocacia em vez daquele da rua ou do outro lado da cidade.

Vejamos algumas maneiras básicas de envolver sua empresa no marketing jurídico.

Mídia social

Atualmente as pessoas estão ativos em pelo menos uma plataforma de mídia social. Por isso, a importância de manter e alimentar um perfil profissional em plataformas como Facebook e Instagram.

Seus clientes nem sempre vão até você, então você tem que ir até eles.

Um perfil comercial no Instagram e no Facebook pode fazer maravilhas para divulgar sua empresa para as pessoas certas. Você pode exibir anúncios direcionados que são exibidos nos feeds de notícias de pessoas em sua área local, em uma determinada faixa etária e/ou com interesses específicos. Você quer que as pessoas certas vejam os anúncios.

Seu perfil de mídia social também é um ótimo lugar para compartilhar postagens sobre seu nicho no campo jurídico, interagir com seguidores por meio de curtidas, comentários e responder às mensagens que você recebe.

Isso significa que sua tática de marketing pode nem exigir que você gaste dinheiro.

O marketing de mídia social pode ser absolutamente um divisor de águas para o seu escritório de advocacia. Aqui está um pequeno vídeo descrevendo em profundidade qual é realmente o propósito do marketing de mídia social.

Site para Advogados

marketing-juridico

Criar um site é o primeiro grande passo para o marketing para advogados, mas você precisa estar disposto a dar alguns passos. Investir em serviços profissionais de SEO fará com que seu escritório de advocacia seja classificado na primeira pagina do Google quando clientes em potencial pesquisarem determinadas palavras-chave, como “advogado de divórcio em São Paulo”.

Um site com um blog talvez seja ainda mais útil quando se trata de gerar interesse em seu escritório de advocacia. Escrever postagens de blog bem escritas, que possam informar o público sobre questões jurídicas, ou fornecer aconselhamento jurídico básico, pode ajudá-lo ter autoridade seu nicho de atuação.

Construindo relacionamentos

Você sabe como é caro contratar um advogado no Brasil. Perder no tribunal significa que os clientes não estão recebendo retorno do investimento. Isso explica por que eles são excessivamente cautelosos ao contratar o certo escritório de advocacia.

Às vezes, a melhor tática de marketing jurídico é trabalhar na construção e manutenção de relacionamentos com seus clientes e leads. Uma das maneiras mais fáceis de fazer isso é configurar campanhas de e-mail.

São e-mails totalmente automatizados que mantêm o nome da sua empresa em primeiro plano.

Outra estratégia e manter relacionamento próximo, mesmo após o término do processo. Segundo dados, 62% das pessoas obterá informações de familiares e amigos antes de contratar um advogado. Simplesmente dar a um cliente uma boa experiência pode ajudá-lo a dobrar sua base de clientes.

Introdução ao marketing jurídico

Como você deve saber, o marketing não é algo que funciona da noite para o dia. No marketing, existe algo chamado “Regra dos 7”. Isso significa que um cliente terá que ver seu rosto ou ler sua mensagem sete ou mais vezes para incentivá-lo a realmente entrar em contato.

Portanto, não defina um orçamento de R$ 100.000,00 e gaste tudo em um mês. Sua empresa precisa criar um plano de marketing jurídico de longo prazo antes que você espere ver resultados.

Seu orçamento

Não há diretrizes definidas sobre quanto sua empresa deve gastar em marketing jurídico. Afinal, tudo se resume aos métodos que você escolhe usar.

Por exemplo, referências e interações no Facebook e Instagram não custarão nada. Por outro lado, investir em anúncios de pagamento por clique (PPC) pode custar várias centenas de dólares para cada usuário que clicar em seu anúncio.

Em média, os escritórios de advocacia americanos parecem investir cerca de 1,9% da receita em marketing jurídico. Se você está fazendo marketing estrategicamente, esse 1,9% da receita gasta em marketing não prejudicará sua empresa. Depois de trazer alguns novos clientes por causa do seu marketing, ele praticamente se paga.

Sua linha do tempo

Um dos maiores erros de marketing jurídico que sua empresa pode cometer é querer resultados rápidos demais. Por mais animado que você esteja para atrair novos clientes e aumentar sua receita, gastar todo o seu orçamento de marketing em um mês será um grande fracasso.

Você precisa ter uma estratégia a longo prazo.

Por exemplo, pode levar mais de meio ano para que seu escritório de advocacia obtenha a classificação mais alta no Google para apenas uma palavra-chave. Um usuário do Facebook ou Instagram pode ter que clicar em seu anúncio cinco ou mais vezes para realmente querer entrar em contato com você.

Conclusão

O marketing jurídico é algo que todo escritório de advocacia precisa fazer para conquistar novos clientes e melhorar drasticamente a receita. O problema é que o marketing jurídico é um pouco mais complicado do que muitos supõem.

A coisa mais importante que você pode fazer é criar um orçamento e desenvolver um plano de marketing jurídico estratégico. Se você não tiver certeza sobre a melhor estratégia para divulgar seu escritório de advocacia, a dica é contratar um agência de marketing digital.

É melhor gastar algum dinheiro em estratégias que definitivamente funcionem, do que gastar muito dinheiro em marketing jurídico que não leva a lugar nenhum.

Posts Relacionados
Negócios

Marketing sustentável: como essa iniciativa pode impulsionar sua empresa?

Uma das prioridades imediatas tanto para os negócios quanto para a sociedade em geral é a necessidade de transformação sustentável. Com as mudanças climáticas, o consumo excessivo e a necessidade de reconstruir melhor – é…
Leia mais
Negócios

SEO vs. Social Media - Qual deles você deve focar?

Há muitas considerações para qualquer negócio quando se trata de escolher como eles querem divulgar sua empresa. Uma das mais importantes é se você deve ou não investir em SEO ou marketing para mídia social….
Leia mais
Negócios

Como treinar uma balconista?

O que um balconista deve saber? Quem deve treinar você? Todo profissional que trabalha dentro de uma farmácia deve ter o objetivo de zelar para que exista um ambiente saudável dentro das vendas A principal…
Leia mais